Low costs Norwegian Air e Sky Airline começam a operar no RIOgaleão

Notícias recentes sobre o que acontece de mais importante voltar

Não é difícil entender a importância das companhias aéreas de baixo custo, conhecidas como low cost, para o aquecimento do turismo. Se de um lado há passageiros ansiosos por desbravar destinos a preços competitivos, do outro há a expectativa de aumento no número de visitantes, principalmente estrangeiros, quando do início de uma operação deste perfil.

É nesse mercado em expansão que o RIOgaleão passa a contar com dois voos internacionais de companhias low cost, os primeiros a entrar em operação no Aeroporto Internacional do Rio.

A cia aérea chilena Sky Airlines iniciou em novembro passado a rota Rio de Janeiro – Santiago do Chile, com valores a partir de US$ 50 dólares. Na ocasião do voo inaugural, o CEO da Sky, Holger Paulmann, revelou uma tendência de aumento no fluxo de passageiros, a exemplo do que aconteceu no primeiro ano da rota para Córdoba, na Argentina, prova de que preços mais competitivos realmente estimulam a procura dos passageiros.

Em março, será a vez da Norwegian Air iniciar a operação da rota que ligará o RIOgaleão ao aeroporto londrino de Gatwick, com quatro voos semanais e passagens a partir de 1.200 reais por trecho.

“Atrair companhias internacionais deste modelo é importante, pois além de alavancar a chegada de turistas, viabilizados por meio de preços mais atrativos, aumenta as opções para os brasileiros viajarem a outros países”, finaliza Luiz Rocha, presidente da concessionária RIOgaleão.